Acne: stress à flor da pele

Ance

Publicidade

Parece existir uma ligação entre o stress e o acne, que afeta cada vez mais adultos.

Em época de exames, não é só o cérebro que sofre. Estudos recentes mostram que o stress pode agravar a acne e transformar a ansiedade passageira num problema que deixa marcas.

Para muitos jovens, o mês de junho é sinónimo de arrumar os livros, deixar a escola para trás e partir para o areal mais próximo. Para outros, porém, esta é a altura de encarar a época de exames e dar o tudo por tudo numa última oportunidade para levantar as notas. O stress faz parte do processo e, para quem tem tendência acneica, pode deixar marcas visíveis na pele.

Em 2007, um estudo da Wake Forest University School of Medicine seguiu 94 alunos do ensino secundário, com uma idade média de 14,9 anos e com níveis de acne leves a moderados, para perceber de que forma o stress poderia influenciar a acne. No final, concluíram que os estudantes que estavam sob elevados níveis de stress tinham 23 por cento mais probabilidade de ver a acne piorar. Embora não se saiba exatamente porque é que isto acontece, há cada vez menos dúvidas acerca da relação entre o estado psicológico e a saúde da pele.

E ainda que os jovens sejam particularmente afetados por esta condição, não estão sozinhos: «A acne é um problema comum em adolescentes, com uma prevalência aproximada de mais de 90 por cento nos rapazes e mais de 80 por cento nas raparigas. Porém, cada vez mais adultos sofrem com este problema, devido a uma dieta pobre em vegetais e com pouca água, níveis elevados de stress e outros problemas hormonais», diz a Dra. Wenqian Chen, diretora do Centro de Terapias Chinesas. Neste espaço, o tratamento passa pela combinação de sessões de acupuntura com uma máscara à base de plantas medicinais chinesas, método que, segundo a Dra. Chen, permite «tratar o problema de forma rápida, sem abrasão e com eficácia».

Nos casos de acne ligeira, existem alguns gestos quotidianos que podem ajudar a controlar o seu agravamento. O primeiro, essencial, é a correta higiene da pele, com produtos adequados que permitem remover o excesso de gordura e impurezas. Mas mesmo a limpeza deve ser feita com moderação, já que a lavagem em excesso pode estimular a produção de gordura. Hidratantes, tónicos e mesmo os cosméticos devem ser específicos para peles com acne, sem esquecer o protetor solar, que deverá ser oil free. Manter a pele hidratada bebendo muita água e seguir um regime alimentar equilibrado, evitando açúcares e gorduras saturadas, são outras das regras para uma pele mais saudável, por dentro e por fora.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.