1926: Romagem de fé

nm1272flashback

Publicidade

Retratos das peregrinações de 13 de outubro a Fátima.

A primeira página do Diário de Notícias de 14 de outubro de 1926 era consagrada, com profusão de imagens e texto, à peregrinação a Fátima do dia anterior. Passavam nove anos sobre as aparições aos pastorinhos e o milagre estava ainda fresco.

Em maio de 2017, segundo anúncio oficial do Vaticano, o Papa Francisco visitará Fátima, em peregrinação. Ato de fé que milhares de portugueses e crentes de todo o mundo repetem vai fazer cem anos.

nm1272flashback

Esta fotografia, e o texto que a acompanha, na primeira página do DN de 14 de outubro de 1926, são um retrato surpreendente do que era Portugal à época. Nove anos antes, a 13 de maio, os três pastorinhos, Lúcia Santos e Francisco e Jacinta Marto, juravam ter-lhes aparecido, na Cova da Iria, por cima de uma azinheira, Nossa Senhora, que, meses depois, a 13 de outubro, diante de milhares de testemunhas, num dia de chuva que virou sol milagreiro, os terá informado, mas só a eles, que era do Rosário. Ainda assim, Nossa Senhora de Fátima ficou, visto que foi esse o lugar eleito para as aparições. Em sua homenagem, a 13 de outubro de 1926, «mais de cincoenta mil pessoas tomaram parte na procissão das luzes, empunhando círios acêsos», num «espectáculo de extraordinaria grandeza que», escreve emocionado o jornalista «se torna impossível descrever». E, no entanto, descreve: «Os canticos religiosos elevavam-se para o céu estrelado, como um hino de fé, hino que se prolongou até de madrugada, até á hora de apoteose, em que o sol rompeu a iluminar esta scena digna das estupendas paginas descritivas de Zola no seu livro sobre Lourdes.»

Noventa anos depois, daqui a quatro dias, as pessoas serão outras, menos lenços cobrirão as cabeças das mulheres, a diversidade social será talvez maior, assim como a nacionalidade dos peregrinos, mas uma coisa manter-se-á: a fé que as leva lá. Veja, na galeria, outras imagens da peregrinação a Fátima.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.