Cabelos: e depois do verão?

nm1217beleza

Publicidade

Como reparar os estragos?

Sol, cloro, sal, humidade, ar condicionado. Durante o verão, o cabelo está sujeito a agressões que o tornam mais fraco e quebradiço. Como entrar na nova estação com um cabelo mais saudável?

Não é preciso conhecer a ciência por detrás dos cabelos para saber como o verão é agressivo. Pontas espigadas, cabelo seco e quebradiço, cores apagadas… estas são algumas das consequências dos mergulhos cheios de sal ou cloro, banhos de sol e tardes com o ar condicionado. O cabelo é muitas vezes esquecido e acabamos por não lhe dar a mesma atenção e os cuidados que prestamos à nossa pele.

O cabelo é um fio queratinizado que se divide em três partes: cutícula, córtex e medula. Apenas vemos a cutícula, a parte externa que se divide entre várias camadas, sobrepostas de modo a proteger o córtex, a região intermédia onde se transforma a estrutura do cabelo. É a cutícula que recebe as agressões externas. Estas agressões podem danificar a fibra capilar, deixando o córtex desprotegido e levando à desidratação profunda dos fios, secando-os, tornando-os mais fracos e quebradiços e dando origem às indesejadas pontas espigadas. Um cenário familiar? Saiba como reverter os danos, seguindo os cuidados referidos na galeria de imagens.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.